08 maio 2015

Inauguração da 1º fase do projeto Pedala MT/SECID_Governo do Estado de MT

Clique na foto para ampliar
Dia 09 de maio, é comemorado o aniversário do Estado de Mato Grosso - 267 anos! O aniversário de Mato Grosso foi instituído pela Lei 8.007 de 2003, para lembrar o dia em que foi criada a capitania de Mato Grosso, no dia 9 de maio de 1748. Venha participar das primeiras linhas do Projeto Pedala MT inaugurando com festividade as linhas da VIDA!
Projeto Ciclovias até Passagem da Conceição!! _o/_o/

25 abril 2015

Novos rumos, novas rotas de Bike


Boa notícia: o Governador Pedro Taques aprovou a proposta de ampliação de rotas ciclísticas em Cuiabá e Várzea Grande. \o/
Serão 47,1 km de ciclovia entre as cidades. E um bônus: 19,1 km de estrutura adequada para prática de canoagem no rio Cuiabá.
O objetivo é fazer a população voltar os olhos para as questões relacionadas à mobilidade e também para o nosso rio. Os estudos para este projeto contaram com a participação de representantes dos movimentos Ciclovia Já, Cuiabá Para Pessoas e AMT Bikers.
Na semana que vem divulgaremos um mapa bonitão dessas rotas. :)
Fonte: Governo de Mato Grosso (Facebook)

03 abril 2015

CICLOFAIXA DE LAZER não é CICLOVIA!


"As oportunidades multiplicam-se à medida que são agarradas."
Sun Tzu
Amigos, CICLOFAIXA DE LAZER não é CICLOVIA!
Não é ciclovia e nem atende as necessidades dos ciclistas. Quem constrói Ciclofaixa de Lazer não pode nem passar pela cabeça que está atendendo as necessidades dos ciclistas.
Mas assim como posto de saúde não é hospital, posto de saúde é fundamental para promover saúde, educação e prevenção de doenças.
Ciclofaixa de Lazer é isto, um espaço dedicado ao LAZER. E a ciclofaixa de lazer não é exclusiva do ciclista e nem será. Ela pertence aos não motorizados. É um espaço improvisado dentro da malha urbana para promover o lazer e que dá mais atenção a bicicleta dentro do setor Esporte/Lazer.
Pensar que não precisamos de Ciclofaixas de Lazer, também é um erro. Pois este tipo de ciclofaixa é inclusiva para determinada classe da sociedade, é uma via socioeducativa que aumenta o número de ciclistas e começa a delimitar um espaço dentro da faixa de rolamento que pertence ao ciclista. Começa por dizer que mesmo que seja por um fim de semana, esta faixa é do não motorizado. Quem quer pedalar por LAZER agora pode usar um espaço com mais segurança e serve para todas as idades.
NÃO PODEMOS NOS DAR POR SATISFEITO! A nossa luta não é por lazer. Nós lutamos por direitos iguais, acessibilidade universal, respeito e segurança para o modal não motorizado que neste caso é representado pela bicicleta.
Vamos a todo instante continuar a lutar por CICLOVIAS, CICLOFAIXAS, CICLOROTAS e até mesmo as CICLOFAIXAS DE LAZER. E vamos ao mesmo tempo exigir calçadas, corrimãos, rampas de acessibilidade e muitas, muitas coisas para que a cidade seja inclusiva e acessível a todas pessoas.
Mas a única coisa que não podemos fazer é reclamar sempre e não comemorar, mesmo que por um dia, cada vitória que conquistamos.
Este momento, é a hora de nos unirmos, mostramos a nossa força, e juntos comemorarmos a nossa conquista e exigirmos que sejam feitas uma estrutura cicloviária para nossa cidade e consertar as existentes e abandonadas.
Quero convidar a todos, todos que puderem, que convidem mais amigos e pessoas, para pedalar e para ir a pé, para que neste dia 8 de Abril possamos agarrar esta oportunidade e mostrarmos força de um grupo forte e unido para um ideal.
Espero que este não seja só o meu desejo, mas que seja o da Malu Brandão, do Paulo Luz, do Alessandro Varela, do Mardio Silva Silva, doEriseu Ribas Trindade, do Fabian Martinelli, da Marli Spolidoro Albano, doCristovam Albano Da Silva Júnior, da Sânia Camargos, do Véio Gil Chagas e de tantos outros que teria de fazer uma super lista aqui.
O Ciclovia Já não é um grupo registrado e organizado, e talvez nunca seja, ele é um movimento, um desejo, uma vontade de todos os ciclistas vivos e ativos e dos que já nos deixaram. E nosso movimento tem todo o direito de divergir de opinião, mas quando se trata de pedalar o consenso é um grito de guerra uníssono:
CICLOVIA JÁ! Acorda Cuiabá.
Esta é a minha opinião e agradecimento à Prefeitura de Cuiabá, em especial a Secretaria de Mobilidade, nos nomes do Thiago França eRegina Feuer, e também a todo Sistema FIEMT, que engloba o SESI, Senai e IEL.
E claro a todos os amigos dos grupos Ciclovia Já! Associação MTBikers, Coletivo Cuiabá, e claro Cuiabá Para Pessoas.
Obrigado a todos, e nos vemos no fia 8 de Abril, no aniversário de Cuiabá rumo aos 300 anos para uma cidade ciclística.
"Sonho que se sonha só
É só um sonho que se sonha só
Mas sonho que se sonha junto é realidade" (R. S.)
Abilio Brunini
Urbanista Arquiteto membro ativista dos grupos Ciclovia Já! Associação MTBikers e Cuiabá Para Pessoas.

Ciclofaixa de Lazer em Cuiabá! Inauguração dia 08 de Abril (Aniversário de Cuiabá)


Início das demarcações e pintura - Arena Pantanal

Prefeitura de Cuiabá apresenta - CICLOFAIXA de Lazer!! Inauguração dia 08 de Abril - Aniversário de Cuiabá, Quarta-feira às 07:30, Concentração Arena Pantanal!! 
Depois aos domingos, à partir das 08 horas às 17 horas.

Clique na imagem para ampliar

29 março 2015

Cuiabá também apoiou os ciclistas de São Paulo #VAI TER CICLOVIAS


Por voltas das 21 horas, horário de SP, na Av. Paulista tomada por cerca de quase 7000 ciclistas e pedestres em defesa das obras cicloviárias em que uma liminar havia suspendido.

Pelas mãos do desembargador José Renato Nalini, presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo e responsável pela suspensão da liminar de segurança que inativaria a Ciclovia da Madre Cabrini, a conclusão e construção das novas ciclovias do Projeto 400 km estão liberadas. (Via: Bike é Legal).


Em Cuiabá, não foi diferente, também sensibilizados assim 24 Estados brasileiros e mais 13 países, se mobilizaram e foram as ruas apoiar. A iniciativa deu inicio ao evento na Alemanha, e assim, todos os ciclistas do mundo se uniram novamente a favor das ciclovias em não ao RETROCESSO.
Reunimos em Cuiabá, junto ao Movimento Ciclovia Já, Associação MT Bikers, e Cuiabá para Pessoas, um número de 40 ciclistas simbolicamente engajados em noite de chuva forte. ESTAMOS JUNTOS SAMPA!!

Arena Pantanal
Após o movimento, finalizamos a noite com uma visita sensacional até o Museu Histórico de Mato Grosso, vale a pena conferir, com direito a cortesia e cafezinho para os ciclistas a convite do diretor do Museu Histórico de Mato Grosso, Flávio Ferreira - Noite de Sarau e Roda de Conversa Cultural. Aberto de segunda a quinta das 08 hs ás 20 horas e sexta até noite adentro com a roda de sarau. Depois seguimos e terminamos o passeio na praça 8 de abril, a Praça do Ciclista! Quer pedalar? Toda sexta-feira tem pedal leve na praça 8 de Abril, encontro às 20 horas. 
Thesouro do Estado - Museu Histórico de Mato Grosso

"O melhor amor é aquele que acorda a alma e faz com avancemos, aquele que planta um fogo em nosso coração e traz paz em nossa mente." (Citação do filme: Diário de uma paixão).